biztuning5

Você já colocou: roda, retrovisores cromados (ou simplesmente tirou-os), personalizou a pintura…

…enfim, já mexeu em praticamente tudo na sua moto resta a você rebaixá-la.

Bom, iniciemos então um processo: de que modo rebaixaeremos a motocicleta? Existem várias opções: a Primeira é comprar um amortecedor menor que o original; cortar as molas ou soldar um pino na balança(ou garfo) traseira. Mas o assunto é os malefícios, iremos então a eles:

Inicialmente, quando se coloca um amortecedor traseiro menor que o original (já que ainda não existe suspenção menor que as originais), as molas que vão dentro dos cilicndros dianteiros, deverão ser cortadas, o mesmo caso quando se corta as molas do amortecedor e na solda na balança. Quando nao se corta essa mola do cilindro, a remoção(parcial) do óleo e a recolocação do cilindro mais acima do que no lugar original, pode gerar empenamento do mesmo mesmo quebrar o paralama (no caso da Honda Biz).

Outro ponto importante de se ressaltar é o provável empeno do chassi, para aqueles chamados “pilotos de fuga” que gostam de andar sempre com o pulso dobrado e com o velocímetro colado no último número do mesmo. Também para os mesmos apressadinhos, amassar o tubo do escapamento, reduzindo a saida dos gazes ou mesmo ralar ou estourar o carter ou o próprio cabeçote da moto. Já quem gosta de empinar, o paralama traseiro é uma forte vítima, já que não precisa levantar a moto tanto assim pra poder encostar ele o chão.

Bom, quaisquer outras dúvidas ou sujestões mande um e-mail para:

rogeriodias@seuoscar.com.br

Até a próxima!!

Rogério Lima

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.