Sabrina Macedo*

O Jump é um dos mais novos programas de exercício físico criado, oferecido pela maioria das academias de ginástica…

…proporcionando diversão com movimentos simples e coreografados.Seus movimentos consistem em saltos na posição vertical com o simples movimento de exercer força contra o mini-trampolim, proporcionando melhora na auto-confiança e auto-estima.

São 60 minutos de muita diversão num treino coletivo, porém, cada mini-trampolim é ocupado individualmente pelo aluno. É uma atividade de baixo impacto, que auxilia no aumento da força muscular de membros inferiores (pernas), aumento e melhora da contração dos músculos estabilizadores (abdominal e lombar), na melhora a condição cárdio-vascular, na melhora das habilidades motoras, no aumento da concentração, no aumento do equilíbrio corporal (trabalhando propriocepção), além de promover um gasto calórico de aproximadamente 700 K/cal. A única restrição está para gestantes, pessoas com labirintites e com instabilidade articular (tornozelo, joelho e quadril).

Além disso, à prática regular dessa modalidade equivale a sessões de drenagem linfática. Quando comparados com as massagens corporais, as aulas de Jump trazem melhores resultados pela alta contração dos músculos das pernas, o que não é visto nas massagens. A massagem corporal é a forma mais conhecida de incentivar a drenagem linfática, através da palpação garante um sentido de compressão na musculatura que atinge os vasos linfáticos, fazendo com que seja gerado uma linha ascendente da linfa por meio dos vasos, o que diminui os índices e acúmulos. Já o Jump, durante seus movimentos, os saltos no mini-trampolim geram uma grande contração dos músculos dos membros inferiores, gerando ao redor dos vasos linfáticos uma compressão capaz de provocar uma curva ascendente muito maior do direcionamento da linfa para a bexiga. Por isso, que ao terminar a aula a vontade de urinar é grande.

Como resultado disso, há a desobstrução da corrente sanguínea, combate a edemas e auxilia nos gânglios na excreção das toxinas, tornando-se um grande aliado ao combate das celulites.

Enfim, o Jump é uma aula com música e coreografia de 60 minutos em que há um gasto calórico de até 700 k/cal que transpira diversão e alegria, promovendo benefícios à saúde, sem perder a segurança.

*Sabrina Macedo é Profissional em Educação Física formada pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e já foi professora da Body Systems.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.